DERMATOLOGISTA PELE NEGRA

DERMATOLOGISTA PELE NEGRA
RIO DE JANEIRO TEL:21-22749629/21-22749284 EMAIL PARA AGENDAR SUA CONSULTA:katleendermato@yahoo.com.br

Follow by Email

Dra Katleen Conceição Dermatologista Referência em Pele Negra

Dra Katleen Conceição Dermatologista Referência em Pele Negra
contato:katleendermato@yahoo.com.br

terça-feira, 26 de abril de 2011


A dermatologista Katleen Conceição (KC) já é uma referência nos cuidados com a pele negra. Entre seus pacientes estão o ator Lázaro Ramos, as atrizes Isabel Fillardis, Juliana Alves, Roberta Rodrigues e outros famosos. Nessa entrevista concedida ao NVSC, a médica fala sobre os principais problemas que afetam a pele negra e dá algumas dicas de como combatê-los.

1- Quais os principais problemas que costumam afetar a pele negra?
KC: Oleosidade, manchas e queloides.

2- Há algum ingrediente ativo que as pessoas deveriam observar na formulação de cremes faciais para manchas?
KC: Sim. Ácido azelaico, ácido fítico, ácido kójico e hidroquinona são importantes na formulação de produtos para quem deseja clarear a pele.

3- Que cuidados essenciais você recomendaria para pessoas negras que queiram ter uma pele com aspecto jovem e bem cuidado?
KC: O ideal é sempre utilizar filtro solar,que se adeque a sua pele, sendo utilizado mesmo em ambientes fechados e dias nublados. Bases com filtro são ideais para as mulheres negras.

4- Falando em maquiagem, que tipo de produto é melhor para pele oleosa e para peles secas?
KC: Para pele oleosa o ideal seriam produtos à base de ácido salicílico, ácido azelaico, nicotinamida e adapaleno micronizado. A base natural lifting da Dermage, que contém ácido salicílico e a Normaderm Teint da Vichy são boas opções para pele oleosa. Para peles secas, pode-se usar água thermal (existem várias no mercado), diariamente, e filtros com hidratantes na composição.

5- Quanto às olheiras e bolsas, quais suas principais causas? Que tipo de creme seria bom para combater esse problema?
KC: As olheiras têm várias causas como a genética, o envelhecimento precoce e o estresse, por exemplo. Na pele negra, elas costumam ser mais escuras. Cremes à base de gingko biloba, nodema e com ingredientes que clareiam as olheiras à base de vitamina C, ácido Kójico, ácido fítico, arbutin e hidroquinona podem ser usados.

6- É comum aparecerem pintas pretas em alto relevo com a idade? O que elas são, manchas senis? Há algum tratamento para elas?
KC: Estas lesões são típicas da pele negra, são denominadas Dermatose Papulosa Nigra e aparecem normalmente a partir dos 20 anos. Há tratamentos, como a eletrocoagulação e a retirada com tesouras cirúrgicas.

7- Quem toma muito sol costuma reclamar de manchas claras pelo corpo, o chamado pano branco. Há algum ingrediente ativo específico que elimine de vez o problema?
KC: Na verdade, o sol evidencia as manchas, não quer dizer que elas necessariamente surgiram no verão. Esse tipo de patologia se denomina Pitiriase Versicolor e pode surgir em qualquer época do ano, sendo mais evidente no verão devido à exposicao solar e ao suor excessivo nessa época, já que o fungo tem predileção por áreas úmidas. O tratamento é feito utilizando antifúngicos tópicos e orais.

8- Qual conselho você daria para evitar estrias e melasmas durante e após a gravidez?
KC: Na pele negra, as estrias ocorrem, principalmente, devido ao ganho de peso. O ideal seria não engordar na gestação e hidratar muito áreas como abdômen, seios e parte lateral do tronco (flanco).

9- Qual o tipo de laser mais indicado para pelos faciais indesejados?
KC: O laser diodo é considerado pela Academia de Dermatologia Americana como ideal para peles negras. Mas deve sempre se investigar patologias como ovários policísticos, em mulheres com pelos em excesso na face, principalmente no queixo.

10- Negros podem desenvolver câncer de pele por causa da exposição ao sol sem proteção?
KC: Sim, é possível, já que o câncer de pele ocorre devido à exposicao excessiva e cumulativa de raios solares. O filtro solar deve ser escolhido de acordo com o tipo de pele. Para oleosas, utilize texturas oil free (livre de óleo); peles secas, textura com hidratante; e peles sensíveis, filtros desenvolvidos para pele sensível.

11- Por fim, a foliculite e os quelóides... como evitá-los e tratá-los?
KC: O ideal seria procurar um dermatologista quando se machucar, para que ele oriente quanto ao melhorproduto a ser utilizado para evitar cicatrizes e queloides. No caso da foliculite - patologia típica da pele negra -, o uso de esfoliante durante o banho auxilia na prevenção e no combate. Procure usar também produtos contendo ácido glicólico ou retinóico.

EM TEMPO - Katleen Conceição é formada pela Faculdade de Teresópolis, no Rio de Janeiro (CRM 52639575) e mantém o blog Dermatologista em pele negra. Atendimento: o consultório fica na Avenida Ataulfo de Paiva, 341 - sala 501, no Leblon. Telefone: (21) 2512-1008); e na Barra, telefone (21) 2421-1221.

Crédito da foto com Isabel Fillardis: Alvinho Duarte/Foto Arena, originalmente publicada no site IG.

FONTE:naovivosemcosmeticos.blogspot.com

Nenhum comentário: